quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

imortalmente fa-ladrando

Após o óbvio sucesso que foi a minha primeiríssima publicação, com exactamente 1 comentário (e obrigado, Marta, por semelhante obséquio xD), vou confiar na evolução da coisa e andar em frente.
Quanto ao nome, consiste numa simples homenagem a um dos grandes escritores da nossa história, o Senhor Eça de Queiroz, e à sua original tendência estilística para inventar advérbios de modo o mais estapafúrdios possível. E sim, muito do que é nacional é óptimo, o problema é que nos é dado a conhecer o comercial e (não raras vezes) o ridículo, de modo que em vez de lermos Eça de Queiroz, Fernando Pessoa, Camões, Virgílio Ferreira, Florbela Espanca e tantos outros imortais da literatura, em vez de ouvirmos Mesa, Rui Veloso, TGB, Margarida Pinto (sim), Xutos & Pontapés, GNR, em vez de vermos Coisa Ruim, Amália, Call Girl e tantos outros - aparentemente inválidos - valores do nosso país, acabamos por conhecer os livros do Mantorras e do Cristiano Ronaldo e da Carolina Salgado, ouvir as músicas do Angélico, do Tony Carreira, do Mickael Carreira, acabamos por dar percentagem de audiência a programas como os Morangos com Açúcar, o Preço Certo, às Tardes da Júlia e a tantas outras demonstrações desses que são os verdadeiros vultos da cultura portuguesa. Está certo...

Ainda acerca do nome (já me desviei do assunto), discutir é o primeiro passo para agir, para mudar qualquer coisa e tudo o que se quiser, em última instância, e ser então Imortal. É só isso que eu pretendo, como pretenderam DaVinci, Buda, Jesus Cristo, Maomé, Norma Jean, Albert Einstein, Bäch e todos aqueles que, ainda hoje, nos inspiram e que nunca morrerão. E, so help me God, eu hei-de ladrar o que me der na pevide!

Eles também foram amamentados, também choraram, também foram frágeis, também brincaram. Porque não eu? Porque não quem quer que seja?

"Quem conhece os outros é erudito
Quem conhece a si mesmo é um sábio
Quem domina os outros é poderoso
Quem domina a si mesmo é invencível."

Lao Tsé

4 comentários:

Marta disse...

Que seja a feita a sua vontade!

Ámen!

Marta disse...

ps: tens que fazer publicidade, que é para o blog nao ir parar às ruas da amargura! :P

Luli disse...

AHAHA ele e o pensamento do imortal! :P
fazes bem!

Nao te preocupes com a pouca popularidade de momento! A qualidade vai vir ao de cima :P ihih

Beijinho*

Liah Lyu disse...

Olá Miguel!Procurei no nosso amigo Google esse pensamento do Lao Tsé que eu tinha visto no orkut da minha amiga e caí no seu blog. Não se preocupe com as poucas visitas, vc tb está começando como eu. Eu daqui do Brasil e você daí de Portugal. Mesmo não conhecendo vários os músicos que você citou e algumas cositas aqui e ali vou vir aqui sempre pra aprender com você. Visita meu blog, quem sabe compartilhamos aprendizagens com a nossa comum intenção de atingir alguém com nossas palavras e pensamentos... Liah Lyu